terça-feira, 11 de setembro de 2012

Cristo, Verdadeira Liberdade.

Em minha vida fiz diversas escolhas. Em muitas oportunidades aparentemente eu estava deixando, perdendo algo.
Ao assumir o compromisso sério com minha então namorada, deixei para trás vários vícios. Fiquei em uma posição bastante vulnerável, ou deixava, largava os vícios, ou teria de abrir mão dela. Estamos a quase 12 anos juntos, não é necessário explicar minha escolha. Muito obrigado meu amor.
Eu sentia que estes vícios não me atrapalhavam em nada, pensava estar no controle deles. Ledo engano.
Por 05 anos, literalmente queimei meu dinheiro, em troca de uma pseudoliberdade, agindo e imaginado estar numa propaganda, desbravando uma planície imensa para chegar ao topo de uma montanha, uma conquista e de lá então apreciar o prêmio pela vitória.
Quando na realidade eu vivia fedendo, minha saúde não me permitia mais mergulhar, nadar, andar de bicicleta com o desempenho e vigor anteriores. Nem bem eu conseguia subir os dois andares, pelas escadas, do prédio onde morava. Meu sono era frequentemente interrompido pela falta de ar ou pelas intermináveis crises de tosse.
Não foi nenhum pouco fácil. Por uma semana eu fiquei com fortes dores de cabeça, mas desde lá nunca mais tive nem sequer vontade de voltar. Mas não desisti nem de tentar e muito menos de minha amada. Não toquei por balas, adesivos ou coisas assim. Somente força de vontade.
Engordei 8 quilos quase que imediatamente, mas valeu muito.
Verdadeira Liberdade em Cristo

Agora consigo ver claramente as agressões que fazemos ao nosso corpo e que não trazem nenhum benefício.
Entendo também as pessoas que por longos anos, ou uma vida inteira, se prendem a prazeres passageiros, como drogas lícitas ou não, imaginando um dia parar, ou quem sabe dizendo eu controlo e estufando o peito para dizer: sou livre.
Eu era assim.
Hoje, não sou melhor do que ninguém, mas estas amarras não conseguem mais me segurar. Antes, mesmo sem Cristo já havia conseguido me desvencilhar delas. Agora com Cristo em nossas vidas, torna-se cada vez mais difícil ser atado novamente.
Em Cristo encontrei a verdadeira liberdade.

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu não preciso nem comentar, mas fui vencido pela minha vontade de dizer o quanto é bom uma vida sem vícios. Bruno César Mazzochi.

Mateus Emilio Mazzochi disse...

Só tenho que te dar os parabéns pela tua força de vontade. Deus te abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...