sexta-feira, 19 de julho de 2013

Pó da Terra

Passagem 1: “E criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou: macho e fêmea os criou.” Gênesis 1.27.
Passagem 2: “E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.” Gênesis 2.7.
Sempre que me deparava com estas passagens bíblicas eu me perguntava “mas qual o sentido, como explicar”. Hoje consegui uma interpretação que gostaria de compartilhar.

A minha dúvida sempre pairava sobre o ponto inicial, a lógica a sequência dada por Deus para a criação. Vamos fazer leitura dos versículos finais do capítulo 1 de Gênesis, depois comento:
E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento. E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi. E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto”. Gênesis 1.28-31.
Aparentemente tudo certo, mas o que mais me chama a atenção é o simples fato de Deus ter feito tudo isto sem ter ao menos formado o primeiro ser humano, o homem Adão. Eva seria formada ainda depois.
Como explicar?
Vamos partir dos verbos empregados em cada situação: criar e formar.
Penso que aqui cabe uma parábola, espero ser adequada: Supondo que você está em seu trabalho (escola, ou outro compromisso) perto da hora do almoço, e como gosta de se aventurar na cozinha, começa a pensar no cardápio de logo mais.
macarraoabolonhesaPensa num macarrão à Bolonhesa. Você começa a imaginar cada passo que fará ao chegar em casa: descongelar a carne moída, picar a cebola, aquecer a água, picar tomates... Enfim monta em sua cabeça um esquema que certamente termina numa belíssima refeição.
Até aqui você criou tudo.
Mas tudo só estará formado, a partir do momento que você puser as mãos à obra e puder sentir o delicioso cheirinho da macarronada e saboreá-la.
É exatamente assim que Deus fez quanto ao homem.
Por termos naturezas espirituais e físicas, Deus primeiramente nos criou, idealizou. Lembrando que o verbo criar, tem o sentido de fazer algo que ainda não existe a partir do nada. E só depois Deus nos formou, a partir do pó da terra. Formar passa a ideia de usar algo existente e moldar conforme a necessidade.
Para resumir e descomplicar:
dopodaterra
Deus nos criou a partir do nada, idealizando nossa natureza espiritual e por tanto, nos assemelhando a Ele e posteriormente nos formou, moldando nossa natureza física, a partir do pó da terra, para nos mostrar que não somos nada sem Ele.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...