quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Sucateamento

Ontem vi pela TV que o Brasil está estagnado, e com tendências a diminuir o seu crescimento industrial, devido à baixa competitividade das industriais brasileiras.
Não teria como ser diferente, por enquanto neste país, não se investe seriamente para montar um parque fabril ágil, competitivo e inovador.
Temos sérios problemas. Estamos nos tornando um país, onde os empregos são gerados em setores de montagem de peças vindas de outros lugares.
moenda
Mesmo quando fabricamos alguma coisa por aqui, todo o conhecimento sobre a tecnologia do produto fica lá fora, entramos com a mão de obra, e só.
Na outra ponta, exportamos a matéria-prima, sem valor agregado, e compramos o produto pronto, obviamente, muito mais caro. É assim com os minérios, petróleo, grãos...
Dentro deste contexto, encontramos exemplos de superação de empresas que não fazem o que a maioria faz, que investem no funcionário dando treinamento, maiores salários do que a média, investem em tecnologia. O governo as sufoca com regras absurdamente burocráticas que as castigam, mudanças nas regras que as confundem, impostos de toda a ordem, uma cadeia que só tende a jogar as pessoas a informalidade a as empresas ao caixa dois. Pois é, na tentativa de aumentar a arrecadação, onerando ainda mais quem produz, se consegue justamente o contrário, empresas sonegando.
Aí se fortalece o controle e a auditoria, tratamos o sintoma, a causa nem se investiga. Quando se deveria reduzir a carga tributária e simplificar todo o processo, unificando impostos baixando alíquotas, afim de que mais empresas sejam criadas e outras tantas voltem para o caixa um, que mais pessoas queiram trabalhar com carteira assinada e que sobre dinheiro para as empresas capacitar seus funcionários e criar inovações científicas e tecnológicas, gerando assim um círculo virtuoso de crescimento, a médio e longo prazo, fazemos o oposto.
Um país tão maravilhoso, que infelizmente não consegue converter todo potencial em realizações e progresso.
Deus nos abençoe.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...