Mostrando postagens com marcador Estudo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Estudo. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Perigo!

Conta-se uma história de que um casal de idosos, que moravam sozinhos num pequeno sítio no interior, pois seus filhos já grandes foram para a cidade, estavam tendo problemas com roedores indesejados, ratos.
Pois bem o senhor então depois de muitas tentativas de eliminar os intrusos, resolveu comprar o que seria o fim de seus problemas, o último recurso: uma ratoeira.
- De hoje não passa, vou pegar o desgraçado, fala o animado senhor.
Ao ouvir isso, o ratinho sai desesperadamente gritando: - Perigo, perigo, há uma ratoeira na casa.
Ao chegar perto da galinha ele fala, cansado da gritaria e da correria:
- Perigo, perigo, há uma ratoeira na casa dona Galinha, se cuide.
perigo

- Isso é problema seu Rato. Eu não entro na casa, além do mais, não sou igual a você que vive mexendo nas coisas dos outros. Eu sou de extrema importância, pois ponho ovos diariamente. Não corro perigo algum.
O ratinho então sai, apavorado e continua gritando até que encontra o Porco e já vai falando:
- Seu Porco, muito cuidado, há um perigo muito grande, colocaram uma ratoeira na casa.
O Porco, rindo, lhe diz: - Eu não tenho nada com isso! Eu sou tão bem visto pelos donos, que me alimentam muito bem. Sou indispensável, e não corro risco nenhum.
 O ratinho segue seu caminho pensativo e já bem triste. Pensa estar só e que os outros animais não entendem o risco que correm, dado tamanho perigo na casa.
E sem ver, bate com a cabeça no pé do Boi. Quando percebe diz: - Boi, me escute, há um perigo enorme na casa, colocaram uma ratoeira, veja só, se cuide!
O Boi lhe responde, quase rindo: - Olhe o meu tamanho, eu não caio em ratoeira nenhuma. Cuide-se você, isso é perigoso somente para ti.
Então o Rato vai dormir desanimado no celeiro.
Como de costume, o casal janta a sós, e ao final o velho senhor então, sai contente para armar a ratoeira, enquanto a esposa já está com tudo pronto para deitar-se.
Armou na cozinha, local onde encontravam o maior número de vestígios da presença dos indesejáveis roedores.
Luz apagada a noite avança, de repente ele ouve um forte barulho.
- Pronto, acabei com o miserável, pensa o velho homem. Sai de mansinho da cama, para não acordar a esposa, e vai no escuro mesmo para ver o rato capturado.
Ao entrar na cozinha, sente uma dor horrível em seu calcanhar, dá um grito que acorda a velha senhora. Quando acendem as luzes, percebem que a ratoeira prendeu pelo rabo uma serpente muito venenosa.
Começa a tratar do velho homem, o médico da pequena cidade faz tudo o que é possível.
No dia seguinte, à medida que ele não melhorava, chegam os filhos para visita-lo. Então a senhora prepara um belo risoto, com a carne da Galinha.
Passam-se dois dias, e o estado de saúde do idoso senhor piora, então chegam os irmãos que moravam distante. O prato principal do almoço é bistecas e pernil do Porco.
Mais alguns dias, e o velho senhor vêm a falecer. Uma multidão de parentes e amigos vem para as últimas homenagens. Para alimentar tanta gente, preparam carne assada, e o Boi então é abatido.
Esta história, aparentemente sem sentido, possui algumas lições para nós:
1 Não deixe de ouvir quando as pessoas estão preocupadas com alguma coisa, afinal o problema delas, pode vir a se tornar um problema para você;
2 Nunca subestime os outros, afinal, ninguém é melhor do que ninguém;
3 Existem situações em que não somos insubstituíveis, então não se vanglorie pelas suas conquistas e realizações;
4 Evite se achar muito grande, ou especial, pois divergências e provações chegam à vida de qualquer um;
5 Entenda que muitas vezes, Deus lhe dá a oportunidade de mudar, de ser convencido de algum erro. Não despreze estes avisos.
Contribua, comente, debata, discuta, critique, aponte mais ensinamentos que podem ser tirados desta simples fábula, use os comentários.
Deus abençoe.

Deus Verá!

Limpando a parede do banheiro, passei um bom tempo esfregando com uma escova dura, entre os azulejos, e destas pequenas frestas, sempre saía sujeira.
Enquanto lutava para remover o máximo que podia, me veio em mente que este era um trabalho não muito valorizado, afinal, poucos notariam a diferença caso eu não limpasse, pois a sujeira estava por assim dizer escondida. Mas estava lá.
Recordei-me, então, de uma frase de Michelangelo, o escultor que ficou famoso
capelasistinapela pintura da abóboda da Capela Sistina; enquanto ele estava pintando um canto escuro do teto com extraordinário afinco e esmero, alguém lhe perguntou: “Por que você se esforça tanto a pintar um canto escuro do teto, que possivelmente ninguém olhará”, Michelangelo simplesmente respondeu: “Deus verá”.
Pois bem, Deus verá.
Este foi o sentimento que eu tive em retirar toda a sujeira que eu pude ao esfregar os cantos que ninguém veria.
Só que há um sentido ainda maior nisso tudo.
Não há maneira de escondermos nossas “sujeiras”. Mesmo que consigamos esconder de todos a nossa volta, Deus estará vendo. Não como um carrasco apontando nossos erros, não é isso que Ele faz, mas como um pai amoroso que vê seus filhos tomarem rumos errados em suas vidas, e com olhar triste, observa a vã tentativa de esconder os erros de quem tudo sabe.
O próprio Senhor Jesus afirmou que “nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido.
Porquanto tudo o que em trevas dissestes, à luz será ouvido; e o que falastes ao ouvido no gabinete, sobre os telhados será apregoado”.
Não vale a pena ficar querendo guardar nossos pecados trancados a sete chaves em porões escuros de nossos corações, afinal, nem ali estarão escondidos. Esta atitude só faz com que venhamos a sofrer ainda mais, pois agindo desta maneira, carregamos um peso adicional, que muito bem poderia estar nas mãos de Jesus.
Ele mesmo se dispôs a nos ajudar quando disse: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.
Entreguemos todas nossas ansiedades para Jesus.
Deus abençoe.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Terra que Mana Leite e Mel - Nova Jerusalém

Quando o povo de Israel foi tirado do Egito, com mão forte, pelo próprio Deus, e foram conduzidos por Moisés pelo deserto, durante longos quarenta anos, viram um número imenso de milagres. Todos os dias uma infinidade deles aconteciam: Travessia do mar Vermelho em seco, nuvem para proteger do calor, coluna de fogo para o frio, maná todas as manhãs, codornizes devido à falta de carne (uma reclamação constante e irritante), cura para picadas de serpentes mortais, além de roupas e sapatos que nunca se desgastaram.
Isso tudo na área material. Além disso, Deus prometeu algo que estava muito acima do vestir e comer: Deus lhes daria a Terra Prometida, onde seriam felizes, comeriam pão a fartar, teriam as chuvas em seu tempo e tudo oque plantassem colheriam e comeriam até mesmo do que não plantaram. A Terra que mana leite e mel.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Recebi um Anjo em Casa

Algo muito raro dias de hoje, são as visitas, marcadas ou não que recebemos em nossas casas. 
Nestes dias tão corridos, onde tudo é para ontem e não temos mais tempo para perder, passamos momentos agradabilíssimos com nosso amigo o Pastor Manoel.
Conversamos sobre atualidades, sobre o passado das Assembleias de Deus no estado de Santa Catarina e principalmente sobre o futuro de nossas igrejas.
Nossa amizade começou há poucos dias, mas sentimos uma comunhão extraordinária, que só Cristo Jesus é capaz de proporcionar.
Sou grato a Deus pelo privilégio de ter tido a oportunidade de conhecê-lo e partilhar essa amizade maravilhosa.
Deus lhe abençoe, caro Pastor Manoel Francelino de Souza.


quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Vivendo o Plano de Deus!

Cada um de nós é um ser único. Mas às vezes nos esquecemos disso, passando a gastar tempo querendo viver uma vida que se molde aos desejos dos outros.
Sei também que uma de nossas maiores preocupações é sermos aceitos. No trabalho, em casa pelos pais, nos relacionamentos... Então vamos nos preocupando em saber como as pessoas nos veem e o que pensam a nosso respeito. E neste processo, se vão nossas energias.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Eis o Cordeiro de Deus!!

Texto: No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”. João 1.29.


Nesta passagem bastante conhecida, vemos ao menos três características essenciais a qualquer missionário, quais sejam:

Herdeiros Pela Graça

Nada mais atual do que um texto escrito há 3.500 anos:

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Perdão e Graça


PERDÃO

INTRODUÇÃO

Só o perdão pode nos liberar da dívida que temos com Deus. Sabendo que o perdão é condicional, e que para recebê-lo precisamos primeiramente aceitar, através da graça, a salvação oferecida por Jesus. Contudo, Deus exige fé, arrependimento, confissão de fé e batismo como condições para o perdão do pecador. O perdão é também condicional para o cristão que peca. O arrependimento e a mudança de pensamento precisam ocorrer antes que o perdão divino seja estendido. Deus nos chama a perdoar assim como ele perdoa. Quando alguém peca contra mim, ele se torna um transgressor da lei de Cristo. Eu o considero um pecador. Se ele se arrepende e pede para ser perdoado, eu tenho que perdoá-lo, isto é, libertá-lo de sua culpa como transgressor. Quando eu o perdoo, não o considero mais um pecador. Posso não ser literalmente capaz de esquecer o pecado que ele cometeu mais do que Deus literalmente "esquece" nossos pecados, mas preciso deixar de atribuir a ele a culpa pelo seu pecado. Deste modo, eu o liberto de sua "dívida".

Não sejamos Insípidos

Mateus 5.13-16: Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

Se a luz não fosse para iluminar as pessoas, as lâmpadas seriam colocadas debaixo de um móvel, e não no teto.

domingo, 29 de setembro de 2013

Oração

Texto: João 17.20-26: E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;
Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.
E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.
Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.
Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim.
E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.

Encontramos nesta, que é a maior oração de Jesus registrada, ao menos três elementos indispensáveis a qualquer oração: submissão, adoração e ato criador.
Oração:

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Centro da Vontade de Deus

Ultimamente tenho pensado muito sobre este assunto: estar no centro da vontade de Deus.
Para ilustrar minha ideia, lanço mão da seguinte imagem, muito usada em palestras sobre motivação:  

terça-feira, 23 de julho de 2013

Pai da Eternidade

Isaías 9.6
Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.
Isaías recebe esta palavra em torno de 700 anos antes de Cristo ter nascido.
O que eu ainda não havia percebido é a expressão Pai da Eternidade.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

aTeísmo

Caso eu lhe apresente uma garrafa d'água, como esta:

garrafadagua

Pó da Terra

Passagem 1: “E criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou: macho e fêmea os criou.” Gênesis 1.27.
Passagem 2: “E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.” Gênesis 2.7.
Sempre que me deparava com estas passagens bíblicas eu me perguntava “mas qual o sentido, como explicar”. Hoje consegui uma interpretação que gostaria de compartilhar.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Solução de Problemas

Lendo esta frase de Hugo Schlesinger, “As soluções dos problemas, muitas vezes, encontram-se dentro de nós”, comecei a pensar sobre como poderemos então “colocar” ou “inserir” em nós as soluções para a tão grande diversidade de problemas que enfrentamos diariamente.
E escolhi este tema, para marcar a postagem de número 100 deste simples blog.
Foi então que me lembrei de duas passagens importantíssimas para este processo de “encher” a mente e o coração com “soluções para problemas”.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Vivendo o Projeto de Deus

Partindo do reconhecimento de nossa condição, seguem alguns passos a serem observados por nós, contidos na primeira carta de Pedro no capítulo 1 versículos 1 a 10, para que estejamos afinados com o plano original de Deus para nossas vidas:
1Pe. 2.1: Portanto abandonem tudo o que é mau, toda a mentira, fingimento, inveja e críticas injustas.
Para começarmos uma vida santificada, feliz e pautada pelo exemplo de Cristo, temos de abandonar TUDO o que é mau.
Para tanto, precisamos fazer uma avaliação sincera de nossas vidas e com base nisto verificar quais são as atitudes e práticas que devemos abandonar.
Ai você pode pensar; mas quem vai me julgar? Ou ainda, não vejo nada de errado naquilo que venho fazendo, que fazer?

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Sal da Terra Luz do Mundo

Sendo evangélicos, temos sim parte muito importante em tudo o que está acontecendo no Brasil nos últimos dias.
Precisamos ter consciência de que se foi o tempo em que nós, enquanto igreja, devemos simplesmente aceitar, ou não, tudo o que envolve o povo brasileiro sem ao menos termos espaço para reivindicar, expor as ideias e defender aquilo em que acreditamos.
Afinal, não somos do mundo, mas vivemos no mundo. Enquanto estivermos por aqui, não convém sermos o sal insípido da terra.

Mais uma

Mais uma que aprendo ao observar aos animais, desta vez uma gata.
Depois de comer um pouco da ração que demos para ela, percebi que ela não parava de miar. Quando fui olhar a gata havia deixado um uma parte da ração e sua filha chegou para comer o que sobrou.
Uma grande lição para nós.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Aves do céu 2

Mais uma lição que aprendo observando os bem-te-vis: eles são monogâmicos, ou seja, tem um só parceiro.
Isto fica bem claro quando olho pela janela (fiz isso hoje) e reparo que onde se vê um, logo se avista o outro.
Sempre cantando e vivendo suas vidas.
Lindo isso.

Aula de Teologia Grátis

Uma aula de teologia, com professor particular, em 39 lições, gratuita. É assim que eu enxergo a carta aos Romanos, capítulo 8.
A carta aos Romanos é o maior tratado teológico já escrito.
Mas não é só isto: além de uma explicação teológica sobre a graça redentora de Deus, é uma carta cheia de conforto e confiança dirigida para cada um de nós.
O capítulo 8 é o centro da carta aos Romanos.
Os versículos 31-39 são o centro do capítulo 8: “nada nos separará do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!”.
O capítulo começa com a afirmação de que agora nenhuma condenação há, para os que estão em Cristo Jesus.
Mas nem sempre foi assim.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...