Mostrando postagens com marcador Perfil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Perfil. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 7 de março de 2014

Josué - perfil

Um dos maiores desafios enfrentados pelos líderes é a própria substituição, mediante o treinamento de outras pessoas para se tornarem competentes. Muitas notáveis realizações são iniciadas por pessoas com grande habilidade cuja vida ou carreira chegou ao fim antes de sua visão tornar-se realidade. A conclusão do sonho então se torna responsabilidade do sucessor desta pessoa. A morte é o final definitivo para a liderança. Um dos melhores testes para a liderança é a nossa disposição e habilidade para treinarmos outras pessoas com o propósito de nos substituir.
Moisés tomou uma excelente decisão ao escolher Josué como seu assistente. Esta escolha foi mais tarde confirmada pelo próprio Deus, quando instruiu Moisés a escolher seu servo como seu sucessor (Números 27.15-23). Josué desempenhara um papel de suma importância durante a caminhada pelo deserto. Apresentado como marechal de campo do exército de Israel, ele foi a única pessoa autorizada a acompanhar Moisés parte do caminho montanha acima quando o grande legislador recebeu a lei. Josué e Calebe foram os únicos dentre os 12 espias a voltar com um relatório encorajador após serem enviados à Terra Prometida pela primeira vez. Outras referências mostram-no como um servo fiel de Moisés – por isso experimentou em primeira mão o que significava guiar o povo de Deus. Este foi o melhor modelo!
Quem é o seu Moisés? Quem é o seu Josué? Somos um dos elos que formam a corrente da obra de Deus neste mundo. Você moldou sua vida de acordo com o exemplo de outras pessoas e existe alguém que toma sua existência como modelo. Quanto Deus é importante para aqueles que você tem como exemplo? Aqueles que o observam percebem a presença de Deus em todas as áreas de sua vida? Peça ao Senhor que coloque um Moisés em seu caminho. Peça que Ele faça de você um bom Josué.

Pontos fortes e êxitos:
Assistente e sucessor de Moisés.
Um dos dois com mais de 20 anos de idade que saíram do Egito e viveram para entrar na Terra Prometida.
Guiou os israelitas para entrarem na terra que Deus lhes prometera.
Brilhante estrategista militar.
Tinha fé para pedir a Deus orientação nos desafios que enfrentava.
Lições de vida:
A liderança efetiva costuma ser produto da boa preparação e encorajamento.
As pessoas nas quais nos espelhamos exercerão influência sobre nós.
A pessoa comprometida com Deus nos proporciona o melhor exemplo.
Informações essenciais:
Localidade: Egito, o deserto do Sinai e Canaã (a Terra Prometida).
Ocupações: Assistente especial de Moisés, guerreiro e líder.
Familiares: Pai – Num.
Contemporâneos: Moisés, Calebe, Miriã e Arão.
Versículos-chave:
“E fez Moisés como o SENHOR lhe ordenara; porque tomou a Josué e apresentou-o perante Eleazar o sacerdote, e perante toda a congregação; e sobre ele pôs as mãos e lhe deu mandamentos, como o SENHOR ordenara pela mão de Moisés” (Números 27. 22,23).
Josué é também mencionado em Êxodo 17.9-14; 24.13; 32.17; 33.11; Números 11.28; 13; 14; 26.65; 27.18-23; 32.11, 12, 28; 34.17; Deuteronômio 1.38; 3.21, 28; 31, 3, 7, 14, 23; 34.9; todo o livro de Josué; Juízes 2.6-9 e 1 Reis 16.34.
 Bíblia aplicação Pessoal página 280.
Deus abençoe. 

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Jó - perfil

Crianças nunca se cansam de indagar “por quê?” Contudo, a pergunta ainda conserva o seu gostinho enquanto envelhecemos. As crianças surpreendem-se com tudo. Os adultos surpreendem-se com o sofrimento. Notamos que o mundo parece ser regido por um sistema de causa e efeito; contudo, existem alguns efeitos para os quais não conseguimos encontrar causas claras e algumas causas que não levam a quaisquer efeitos esperados. Esperava-se que a riqueza e a família de Jó propiciassem-lhe uma vida feliz, e durante algum tempo, isto ocorreu. Porém a perda e a dor que ele experimentou chocam-nos a todos. Os primeiros dois capítulos desta história são muito mais do que podemos suportar. Para os que são rápidos em indagar “por quê?” diante dos menores contratempos, a fé que Jó possuía parece inacreditável. Mas até mesmo Jó tinha algo a aprender. E podemos aprender com ele.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

José - perfil

Como filho mais novo, José era autoconfiante em excesso. Sua autoconfiança, aumentada pelo fato de ser o filho predileto de Jacó e conhecer o desejo de Deus para a sua vida, era insuportável para seus dez irmãos mais velhos, que por fim conspiram contra ele. Mas esta autoconfiança moldada pela dor e aliada a um conhecimento pessoal de Deus, permitiu que José sobrevivesse e prosperasse onde a maioria teria falhado. Ele acrescentou sabedoria a sua confiança e ganhou o coração de todos que o cercaram – Potifar, o capitão da guarda do palácio, os outros prisioneiros, o rei, e, após muitos anos, também os seus dez irmãos.
Talvez você possa achar-se em uma ou mais das provas que José enfrentou: foi traído e abandonado pela família, exposto à tentação sexual e punido por fazer a coisa certa; suportou um longo período de encarceramento e foi esquecido por aqueles a quem ajudou. Ao ler a história de José, note o que ele fez em cada situação. Sua atitude positiva transformou todo contratempo em avanço. Ele não passava muito tempo tentando saber os motivos. Sua atitude era “O que devo fazer agora?” Os que conheceram José logo perceberam que Deus estava com ele em qualquer coisa que fizesse ou onde quer que fosse. Quando estiver enfrentando um contratempo, o primeiro passo para uma atitude semelhante a de José é reconhecer que Deus está com você. Não há nada como a presença dEle para derramar nova luz sobre a situação escura.

Pontos fortes e êxitos:
·        Saiu com poder da escravidão para governar o Egito.
·        Ficou conhecido por sua integridade pessoal.
·        Foi um homem de sensibilidade espiritual.
·        Preparou uma nação para sobreviver à fome.
Fraquezas e erros:
·        O orgulho juvenil provocou o atrito com seus irmãos
Lições de vida:
·        O importante não são apenas os acontecimentos ou as circunstâncias da vida, mas é a atitude com relação a eles.
·        Com a ajuda de Deus, qualquer situação pode ser usada para o bem, mesmo quando as pessoas desejam utilizá-la para o mal.
Informações essenciais:
·        Locais: Canaã e Egito.
·        Ocupações: Pastor de ovelhas, escravo, prisioneiro e governador.
·        Familiares: Pais – Jacó e Raquel; onze irmãos e uma irmã; esposa – Asenate; filhos Manassés e Efraim.
Versículos-chave:
“E disse Faraó aos seus servos: Acharíamos um varão como este, em que haja o Espírito de Deus?” (Gn 41.38).
A história de José pode ser encontrada em Gênesis 30 – 50. Ele também é menciando em Hebreus 11.22.
Bíblia Aplicação Pessoal, página 62.
Deus abençoe.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Moisés - perfil

Algumas pessoas não conseguem ficar longe de problemas. Quando os conflitos acontecem, elas simplesmente estão por perto, e a reação é a sua atitude favorita. Assim era Moisés. Parecia ter sido feito para tentar consertar o que estava errado. Ao longo de sua vida, revelou o melhor de si, e também o pior, reagindo aos conflitos que o cercavam. Mesmo a experiência da sarça ardente foi uma ilustração do seu caráter. Ao ver o fogo e notar que o arbusto não se consumia, teve de investigar. Estivesse entrando em uma briga para defender um escravo hebreu ou tentando arbitrar entre dois parentes, aos ver um conflito, reagia.
Ao longo dos anos, porém, algo surpreendente ocorreu no caráter do Moisés. Ele continuou a reagir, mas aprendeu a fazê-lo da maneira correta. A complexa responsabilidade diária de guiar dois milhões de pessoas no deserto era um desafio mais do que suficiente para ganhar habilidades em reagir. Durante a maior parte do tempo, serviu como um para-choque entre Deus e o povo, ora respondendo à ira de Deus pela teimosia e esquecimento dos israelitas, ora reagindo às contendas e queixas das pessoas. E ainda teve de enfrentar os ataques injustificáveis de seu caráter.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Eva - perfil

Pouco sabemos a respeito de Eva, a primeira mulher do mundo e, portanto, a mão de todos nós.
Eva foi a peça final no maravilhoso e complexo quebra-cabeça da criação de Deus. Agora, Adão tinha outro ser humano com quem podia conviver – alguém que também fora feito à imagem de Deus. Ali estava alguém suficientemente parecido para fazer-lhe companhia e diferente o bastante para um relacionamento. Juntos eram mais excelentes do que cada um poderia ter sido sozinho.
Satanás aproximou-se de Eva no jardim do Éden, onde ela e Adão viviam. Ele questionou a sua satisfação. Como poderia ela ser feliz se não lhe era permitido comer o fruto de uma das árvores? Satanás ajudou Eva a desviar seu foco de tudo aquilo que Deus fizera e lhe tinha dado para a única coisa que Ele a tinha proibido fazer. E Eva estava disposta a aceitar o ponto de vista de Satanás sem consultar a Deus.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Adão - perfil

Mal podemos imaginar qual deve ter sido a sensação de ser a primeira pessoa no mundo. Uma coisa é para nós ser solitário; outra foi para Adão que nunca havia conhecido outro ser humano. Ele não teve muito do que nos faz ser quem somos: infância, pais, família ou amigos. Foi preciso aprender quem era por si só. Felizmente, Deus não o deixou lutando sozinho por muito tempo até presenteá-lo com uma companheira ideal, Eva. Ambos formaram uma unidade; eram completos e inocentes, sem qualquer sinal de vergonha.
Uma das primeiras conversas de Adão com sua maravilhosa companheira de ter sido a respeito do jardim. Antes que Deus fizesse Eva, já havia concedido a Adão completa liberdade no jardim, junto com a responsabilidade de zelar por este. Mas uma árvore lhe era proibida – a árvore do conhecimento do bem e do mal. Adão teria dito a Eva todas estas coisas. Ela sabia, quando Satanás aproximou-se, que aquele fruto não deveria ser provado, mas decidiu comê-lo e então ofereceu-o a Adão. Neste instante, o destino da criação estava traçado. Lamentavelmente Adão não parou para considerar as consequências; ele foi em frente e comeu o fruto.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Calebe - perfil

A voz da minoria nem sempre é ouvida. No entanto, a verdade não pode ser medida por estatísticas de aprovação. Pelo contrário, a verdade costuma ser o oposto do que pensa a maioria. Ela permanece imutável, pois é garantida pelo caráter de Deus. Ela é a verdade; Ele dá a palavra final. Assim há momentos em que a pessoa ficará sozinha do lado da verdade.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...